mobilidade urbana

Estacionamentos, os novos vilões da mobilidade urbana

Os especialistas em arquitetura e urbanismo são contundentes ao afirmar que quanto mais locais são projetados para os veículos, mais carros e motos vão aparecer para preenchê-los. Essa observação é facilmente confirmada em centros com mobilidade urbana limitada, como, por exemplo, São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Isso porque os índices de motorização são elevados e o tempo médio usado para ir de casa até o trabalho é 31% superior que em Xangai, Nova York Tóquio e Paris, segundo dados levantados pelo Ipea.

E os estacionamentos ocupam lugares prestigiados nas cidades e nas suas rodovias, influenciando de maneira negativa o planejamento urbano e o deslocamento da população. Um dos principais fatores é a possibilidade de encontrar vagas não crescer simultaneamente a chegada de novos veículos às ruas das maiores cidades do Brasil.

De acordo com uma pesquisa da EY Consultoria, há somente acomodação para 385 mil carros dos 500 mil que circulam todos os dias na Grande São Paulo. Isso significa que 115 mil motoristas não encontram locais para deixar seus carros, gastando mais tempo no trânsito buscando por eles.

Há alternativa para evitar agravante à mobilidade urbana?

Segundo a revista Exame, os estacionamentos se tornaram catalisador de problemas para a mobilidade urbana em um panorama que se sucede em quase todas as capitais do país: exagero de veículos nas estradas, congestionamentos, taxas assustadoras de poluição no ar e horas gastas no trânsito apenas para deixar o seu carro parado.

Uma das alternativas para driblar esse incomodo é aprimorar as ofertas de transporte coletivo e estimular o uso de opções sustentáveis, como, por exemplo, os monociclos e diciclos elétricos. Com esses veículos elétricos, os usuários não perdem tempo algum com estacionamento por poderem carregá-los de um lado para o outro.

Além disso, o proprietário de um equipamento de transporte individual ainda pode intercalar trechos de deslocamento nas vias públicas e com uso de metro, trem e ônibus.

Share this post

Deixe uma resposta


shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm