Lições de mobilidade inteligente que Montreal pode ensinar para o mundo

A cidade de Montreal, no Canadá, é considerada um dos 20 lugares mais apropriados para se andar de bicicleta em todo mundo, de acordo com a lista de uma consultoria da Dinamarca, a Copenhagenize. Em função desse título, o local também é um exemplo de mobilidade urbana sustentável e pode ensinar algumas lições para todo o mundo, especialmente, para o Brasil que começa a pensar em estratégias para lidar com os problemas do trânsito.

1 – Ciclovias devem ser prioridades

A cidade canadense tem cerca de 650 quilômetros de ciclovias e a administração municipal tem objetivo de tornar as faixas mais extensas. As principais ruas de Montreal contam com uma ciclofaixa ou, ao menos, nas proximidades. Uma excelente sugestão para as maiores cidades brasileiras.

2 – Transportes alternativos devem ser ligados ao sistema público

Na cidade, as ciclovias estão ligadas ao transporte público, como os trens, o metrô e os ônibus. E isso quer dizer que o cidadão pode programar o seu caminho levando em consideração diversos tipos de transporte: bicicleta e ônibus, skate e metrô, etc. E vale citar ainda que os vagões possuem espaço especifico para quem tem uma bicicleta consigo.

3 – Pessoas devem se deslocar por indicações de mapas

Se existem mapas para motoristas, por que não tentar a mesma alternativa para ciclistas, skatistas e todos que usam um veículo alternativo? Em Montreal, isso já é uma realidade. Os mapas são repassados a diversas lojas e centros comunitários, onde as pessoas podem projetar o seu próprio caminho. Além disso, os mapas também podem ser conseguidos pela internet.

4 – Clima tropical é ótimo para optar por transportes alternativos

Já pensou pedalar, andar de skate, correr ou caminhar em uma temperatura extremamente baixa? Além de desagradável, pode ser algo muito complicado, pois as ruas estão cheias de gelo ou neve. Por isso, durante o inverno canadense, muito mais rigoroso que o Brasil, as bikes são guardadas.

Com a volta do sol, os ciclistas voltam a marcar forte presença nas ruas. E no Brasil ninguém precisaria se preocupar com isso. Sendo assim, utilizar uma bicicleta, um monociclo elétrico, um skate ou um par de patins pode ser algo útil para ganhar tempo no transito, fazer uma atividade ao ar livre e ainda compreender o conceito de mobilidade urbana inteligente.

Share this post

Deixe uma resposta


shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm